Henry Ford foi um grande visionário ao inventar a linha de montagem dos automóveis. Ele não inventou o carro em si, mas transformou a produção artesanal em produção de massa.

Ford convenceu as pessoas de que precisavam de automóvel e lhes apresentou um modelo simples, fácil de usar e acessível. Lançado em 1908, o modelo T foi um sucesso instantâneo e em quase duas décadas vendeu 15 milhões de automóveis.

Apesar de ter sido pioneiro, ele parou no tempo e ficou 19 anos produzindo apenas um tipo de carro: todos iguais e pretos. Só em 1927 achou que era hora de introduzir mudanças e lançou o modelo A. Mas, já era tarde, a General Motors estava prestes a se tornar a número 1 da indústria automobilística.

A melhor maneira de uma empresa criar valor em seu mercado e se destacar dos seus concorrentes é conhecer o seu consumidor mais do que qualquer um.  A única diferença entre uma empresa de 100 anos e a de 1 dia é a capacidade que a primeira tem de acumular conhecimento sobre os seus consumidores.

Pesquisar, ouvir seus funcionários e organizar as informações que chegam pelos canais de comunicação são ótimas ferramentas para se manter atualizado sobre o comportamento dos consumidores, garantindo uma vantagem competitiva.

Texto escrito por Karine Karam

Quer saber mais sobre? Converse com a gente!

Leave a Reply